| glauco

| glauco

correspondente

Por meio de videochamadas, imagens, áudios, fotos, textos, rabiscos e livros pratico autoconhecimento e acolhimento psíquico. Valorizo os registros diários, álbuns, artesanias e instalações como potentes ferramentas de produção e cuidado de si durante a invenção de modos de existir e bem viver.

Sou psicólogo e terapeuta desde 1998 dedicado ao trabalho de saúde mental e promoção de redes de trabalho coletivo em instituições públicas e privadas.

Estudo e pesquiso continuamente abordagens corporais na organização da vida diária, participo do Laboratório do Processo Formativo em São Paulo, fundado por Regina Favre, uma parceria no entendimento do corpo como canal de transformação de si e dos ambientes através de auto-regulação, aumento de sensibilidade afetiva e análise dos vínculos.

A produção e pesquisa de Regina Favre está toda disponível no site do Laboratório e mais recentemente em seu primeiro libro; Do Corpo ao Livro, o início de uma série de publicações sobre mais de quarenta anos como pesquisadora autônoma e condução do Laboratório do Processo Formativo.

Escrever ocupa tempo de relógio e da idade vivida, é uma investigação sobre o próprio corpo e o encontro com as palavras, basta usarmos mais de uma vez uma mesma palavra para entendermos que elas não permanecem dizendo sempre as mesmas coisas, estão vivas e envelhecem com a gente.

Eu vivo neste território das investigações, montagens, desmontagens, pesquisas, hipóteses, descrições mais ou menos apaixonadas pela vida, pelos dramas, pelas coreografias dos corpos se contando, escrevendo e improvisando modos de viver, pelos deslocamentos e intermináveis recomeços cotidianos.

Diariamente manejo em mim forças de diferentes ordens diante o fazer este Canal, já perdi a conta de quantos formatos, caminhos e postagens publiquei e retirei e assim continuarei fazendo deste modo artesanal e não depositário, tudo pode ser revisto, cortado e escrito novamente.

Crie um site ou blog no WordPress.com