Vera Zippin é moradora de Santo André/BA. Nasceu em Minas Gerais e encontrou no bucólico vilarejo próximo a Santa Cruz de Cabrália um bom lugar para viver em comunidade. Um sonho que começou sobre uma canoa com seu companheiro.

Nesta conversa com Vera Zippin temos a oportunidade de conhecer como em sua vida as forças de conexão e adaptação foram regidas pela natureza das águas; que são líquidas, embrionárias e de alto poder de se misturar com nos ambientes através pelo simples e delicadeza.

O sonhAR com canoa representa um mergulho na origem dos nossos comportamentos, aqueles que surgem através das primeiras adaptações do corpo vivo neste planeta, e que prevalece durante toda nossa vida por que somos quase totalmente compostos por água.

O poder das águas revela em nós a permanente mudança de humor e estados físicos, por isso o saber manejar em si estas correntes liquidas aumentam nosso alcance e capacidade de construir laços efetivos e de produção de um comum em rede.

A elegância das águas é evidente em corpos femininos porque encarnam diferentes cores e movimentos sinuosos. É sobre estes comportamentos associados ao feminino e que CORPO pode praticar em suas vidas cotidianas seja lá onde estiverem.

Proponho uma PRÁTICA de observação nesta série de seis entrevistas com algumas mulheres protagonistas na comunidade de Santo André no estado da Bahia.

Observem COMO interagem com o entorno ?

e ESCREVA pra mim !!!

Inicialmente serão seis episódios para compartilhar principalmente com a acolhedora comunidade de Santo André/BA o meu trabalho de “escutador profissional”.

Devolverei semanalmente para a comunidade meus registros em vídeo de preciosas conversas com algumas personalidades locais, apenas aquelas que consegui encontrar devido minha rápida passagem de dez dias pela comunidade. São preciosas conversas que nos servirá de matéria prima pra elaborar, pensar e praticar modos de viver colaborativos e com maior capacidade de formar inteligência emocional diante os desafios do bem viver em um mundo cada vez mais plural e conectado por redes remotas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

%d blogueiros gostam disto: